quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Humor Negro

Aleijado que é aleijado precisa aprender a fazer piada da própria deficiência, assim fica mais fácil enfrentar as dificuldades e desafios do dia a dia. Se você não conseguir achar graça na própria desgraça, tudo fica mais difícil. Então, só pra descontrair, aqui vai uma piada de cadeira de rodas:



Um senhor estava pescando à beira de um rio, como fazia de costume. Em determinado momento, chegou uma jovem numa cadeira de rodas, parou ao lado daquele senhor e, passados alguns segundos de silêncio, disse:
- Ninguém nunca me abraçou!
O senhor olhou pra ela, com um pouco de pena, e deu-lhe um abraço apertado. A jovem foi embora felicíssima. No dia seguinte aquele mesmo senhor estava pescando no rio e, pra sua surpresa, a jovem aparece mais uma vez, pára ao seu lado e, depois de alguns segundos:
- Ninguém nunca me beijou!
Aquele senhor olhou pra ela e, percebendo as segundas intenções da moça, deu-lhe um beijo daqueles de tirar o fôlego. Sem dizer uma palavra, a moça foi embora mais uma vez, muito contente. Terceiro dia e a cena se repete, o homem está lá pescando e a garota se aproxima mais uma vez, pára ao seu lado e depois de alguns segundos diz:
- Ninguém nunca me fodeu!
O homem olha pra ela com uma cara sacana, pensa um segundo e resolve agir. Pega a moça de jeito, derruba ela no chão, pega a cadeira e joga no rio. Daí ele se levanta, olha nos olhos dela e diz:
- Pronto, agora você tá fudida!



Aleijado só se fode!

3 comentários:

  1. KKKKK
    FO-DA!
    bjo, rony!
    força, querido!
    tdo vai ficar bem!
    Thaiza.

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkkkkkkkkkkk boa!
    e força ai cara!

    ResponderExcluir
  3. ahsuhasuhaushuahsuahsuhaush e bem fudida

    ResponderExcluir