sexta-feira, 11 de junho de 2010

Placa

Só pra constar, peguei essa imagem do blog Mão na roda. Segundo o post, a foto foi tirada do blog Skandinavien, da Suécia, e trata de uma placa que passou a ser instalada em Markaryd, ao sul de Gotemburgo.




O melhor da placa são os dizeres colocados embaixo da imagem do cadeirante, mas não precisam ficar preocupados, quem não fala sueco pode ficar tranquilo que eu traduzo (até parece que eu falo). A frase diz:


"Preguiça não é deficiência."

Muito boa, né? Acho que a idéia podia ser aproveitada no Brasil, porque a coisa aqui é complicada. Quem sabe assim o pessoal não se toca e passa a respeitar as vagas reservadas?

terça-feira, 8 de junho de 2010

Freedom Wheelchair - Cadeira de Rodas Liberdade

Olha o que eu vi outro dia, nas minhas andanças pela net:


Aço inoxidável nanoestruturado viabiliza cadeira de rodas radical
Redação do Site Inovação Tecnológica - 01/02/2008



[Imagem: Lu Papi & Associates]

Projetar uma cadeira de rodas não parece ser muito desafiador. Projetar uma cadeira de rodas que dê mobilidade e segurança, se encolha para que o usuário possa utilizá-la no banheiro, sob o chuveiro e que, além disso, caiba no suporte de bagagens de mão de um avião, exige muito mais talento.

Cadeira de rodas radical

Talento, contudo, precisaram os engenheiros que tiveram que executar esse projeto inovador. E o seu trabalho só foi possível graças a uma nova classe de super-materiais que só agora começam a chegar ao mercado. Projetistas e engenheiros venceram seus desafios e o resultado é a Freedom Wheelchair, aCadeira de Rodas Liberdade.

Multi-cadeira

A Freedom Wheelchair não tem eixo entre as rodas, o que permite que ela seja leve e muito mais dobrável. Mas ela é sobretudo versátil. Afinal de contas, um cadeirante precisa de diversos tipos de cadeira no seu dia-a-dia: a cadeira de rodas, uma cadeira normal, uma cadeira para o chuveiro, um suporte especial para o vaso sanitário e, ocasionalmente, uma cadeira para viajar. A Freedom faz tudo isso.

Aço inoxidável com nanotecnologia

Nem alumínio, nem titânio e nem fibra de carbono foram capazes de permitir a execução desse projeto, sobretudo do quadro principal da cadeira. A solução veio com um novo tipo de aço inoxidável nanoestruturado, fabricado com nanopartículas quasi-cristalinas.

Essa nanotecnologia criou um aço inoxidável mais leve e mais forte do que todos esses materiais tidos como de última geração. Os tubos feitos com o novo aço são muitas vezes mais fortes do que os aços com liga de titânio e muito mais leve.

Cadeira de rodas sem eixo

A estrutura metálica toda da Freedom Wheelchair, sem as rodas, pesa apenas 5,1 quilogramas. A resistência do novo aço permitiu a eliminação do eixo, sendo cada uma das rodas fixadas independentemente e direto no quadro.

As rodas, as partes acessórias e demais detalhes da cadeira também são feitos de materiais de última geração, entre eles a própria fibra de carbono, nylon e plásticos especiais também reforçados com nanopartículas.

Por enquanto, esta cadeira de rodas dos sonhos de qualquer cadeirante é apenas um protótipo, que nasceu do trabalho da equipe do professor Pat Farmer, da Universidade Oeste de Sidney, na Austrália. Mas a empresa de projetos Lu Papi já está procurando parceiros para fabricá-la em escala industrial.

sábado, 5 de junho de 2010

Perguntas e respostas

Voltei de viagem essa semana. Alguém sabe me explicar porque os funcionários dos aeroportos insistem em perguntar para os cadeirantes:

"Você consegue caminhar?" (na hora de passar pra poltrona do avião)

"Você consegue ficar em pé?" (na hora da revista pra entrar na sala de embarque)

Entre outras perguntas idiotas. Sabem o personagem Saraiva, que tem tolerância zero para perguntas idiotas? Que respostas ele daria pra perguntas desse tipo?
Alguém aí tem sugestões de boas respostas pra essas perguntas? Se algum cadeirante conhecer outras perguntas inteligentes como essas também pode colaborar com a discussão.