terça-feira, 20 de abril de 2010

Notícia do UOL

Oi pessoal! Tô postando o link de uma notícia do UOL que fala sobre um assunto que vocês gostam muito: SEXO. Título da matéria: "Limitação psicológica é muito mais importante do que limitação física na hora do sexo", diz médica
Ah, o blog deste que vos fala está listado lá no fim da matéria. O link é esse aí:

http://noticias.uol.com.br/ultnot/cienciaesaude/ultimas-noticias/2010/04/16/limitacao-psicologica-e-muito-mais-importante-do-que-limitacao-fisica-na-hora-do-sexo-diz-medica.jhtm

Beijo nas crianças!

 


terça-feira, 13 de abril de 2010

Vingança. HAHAHAHA!

Desde que eu e meus irmãos éramos pequenos, minha mãe sempre fez questão de que tudo aqui em casa estivesse bem organizado. Ninguém podia esquecer um chinelo no meio do caminho, um copo vazio na sala, um prato usado na mesa... que ela imediatamente chamava a atenção e mandava colocar as coisas no devido lugar.
Ela, que tem um arsenal de frases prontas na manga, sempre disparava algo do gênero: "Vá AGORA colocar esse prato sujo na pia, que você não é nenhum aleijado!". Fazer o que, né? Eu ia, porque não tinha nenhuma resposta pra aquilo.
Mas hoje é diferente, quando ela solta a frase "...que você não é nenhum aleijado!", eu respondo na lata:
- SOU SIM!
Agora é ela que fica sem resposta! HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!
E viva a bagunça.

sexta-feira, 9 de abril de 2010

A toda velocidade.

Esse vídeo é o primeiro passo do projeto da minha amiga Giselle, que em breve deve publicar um livro. Uma espécie de diário contando 30 dias na vida de um cadeirante. É um manifesto a favor da acessibilidade e de um mundo mais inclusivo. O vídeo acabou de sair do forno e dá uma prévia de como será o livro que vem por aí. Recomendo que vocês assistam e continuem acompanhando aqui pelo blog, porque qualquer novidade a respeito desse projeto será publicada aqui. Vamo que vamo Giiii!

Dica de leitura.



A Revolução Sexual Sobre Rodas - Conquistando o afeto e a autonomia. 
 Fabiano Puhlmann

Acabei de ler há pouco tempo este livro bastante esclarecedor, para deficientes e não deficientes. O livro desfaz alguns mitos, o maior e mais comum deles é que o deficiente não tem e não pode ter uma vida sexualmente ativa e saudável, o que é um grande engano. Mas a Revolução vai além, abordando o assunto de forma muito clara e até bem humorada, falando da adaptação à nova realidade, dos sentimentos envolvidos, a superação dos preconceitos e a redescoberta da sexualidade. Eu até discordei do autor em algumas passagens do livro, quando achei que a visão sobre a deficiência foi muito romantizada, mas no geral é um livro bem legal.

Como se já não bastassem os carros!





Outro dia eu estava saindo do shopping e indo em direção ao meu carro, quando chego lá, olho pra uma das vagas reservadas ao lado... E o que encontro? Um carro estacionado indevidamente? Não, não... Uma moto! Ela não estava estacionada na vaga do carro, estava sobre a faixa que deve ficar livre pra que o cadeirante possa montar e desmontar a cadeira e embarcar/desembarcar do carro. É mole?


Que inveja!

Desde a lesão medular em 2006, o simples ato de ficar de pé se tornou um grande desafio pra mim. Vocês já viram eu outro post que eu consigo caminhar um pouco com as muletas e uma órtese na perna direita, mas este amigo felino que se apresenta no vídeo consegue ficar de pé com muita facilidade. Quem sabe eu não aprendo com ele? hahahaha