quarta-feira, 21 de julho de 2010

4 anos

21 de julho de 2006. Exatamente há quatro anos minha vida mudou. Dezoito dias depois eu acordava do coma, e a primeira lembrança que tenho é do meu pai dizendo: "Oi meu filho, lembra de mim? Sabe quem sou eu?". "Como assim, pai? Claro que eu lembro, por que você tá me perguntando isso?", pensei. Até porque eu não conseguia falar, o respirador que entrava pela traqueostomia não permitia.
Quatro anos se passaram. Recuperei, a duras penas, os movimentos dos braços, parte do controle do tronco e grande parte da minha autonomia. Reaprendi a conviver com o meu corpo e com a nova realidade que ele me impõe, na verdade é um eterno aprendizado. O que importa é que estou aqui, seguindo em frente, com os olhos no futuro e almejando sempre mais. Não desisti, nem vou; apesar de agora tudo ser mais difícil.
O dia do meu acidente é sempre um dia difícil, de muita reflexão. Daqui a seis dias completo 28 anos, ainda tenho muita vida pela frente (Pelo menos eu acho. Nunca se sabe o que pode acontecer... e eu sei bem disso). Ainda tenho razões pra comemorar, acho que vou reunir uns amigos e pessoas queridas, sair, bater papo, comemorar o fato de ainda estar aqui. E pensar no futuro...
Foram quatro anos difíceis, de muito aprendizado, amadurecimento, muitas lágrimas, mas também muitos sorrisos. É difícil conviver com a deficiência, claro. Mas quem disse que a vida tinha que ser fácil? E quem é que pode escolher tudo que vai lhe acontecer? Um dia eu acordei sem saber o que tinha acontecido e tudo estava diferente. Minha vida mudou a partir de então, mas eu preciso conviver com isso.

9 comentários:

  1. Estarmos vivos, respirando, tomando aquele sol quentinho - o resto a gente supera!
    Existe um mundo pra voce descobrir ainda!
    Tudo de bom!

    ResponderExcluir
  2. E meu amigo são lembranças marcantes, mais estamos aqui contando "A História", que por muitas vezes vai ser repetida, (o que foi aconteceu com vc, foi carro foi, tão lindo) não é isso o que mais perguntam a nós. Estamos aí na luta e venceremos essa batalha.
    Abração

    ResponderExcluir
  3. Rond,Rond, Rond..... Ao ler seu post senti um mix de sentimentos....Mais uma vez vc me emocionou....me encheu de felicidade quando percebi o seu amadurecimento em relação a lesão....senti saudades das nossas conversas bobas....enfim...........
    "Eu não vou mudar não
    Eu vou ficar são
    Mesmo se for só
    não vou ceder
    Deus vai dar aval sim,
    o mal vai ter fim
    e no final assim calado
    eu sei que vou ser coroado rei de mim."
    Acredito muito na sua independencia e torço muitopor vc
    te adoro
    Lu Oliveira
    Estou ouvindo los hermanos
    venha pro show

    ResponderExcluir
  4. Que bom que vc está vivo e podemos tomar vaaarias cerveja juntos.
    Bjs
    Luciana

    ResponderExcluir
  5. Ronald a vida as vezes nos apresenta mudanças radicais e é preciso ser mto forte para driblar todas as dificuldades que se apresentam no dia a dia...e pelo que leio a seu respeito vc com certeza tem driblado todas as dificuldades com um toq "ala Ronaldinho Gaucho" huahsuahs
    Nem todos conseguem ter essa força!!

    abraços..

    ResponderExcluir
  6. NINHO, EMOCINONATE SEUS DEPOIMENTOS, PRINCIPALMENTE ESSE. DIFICIL PRA QUEM ESTAR AO SEU LADO, PAI, MÃE QUEM SOFRE MAIS, N QUE OS OUTROS N SOFRAM. MAS DEUS RETIRA ALGO PRA LHE DAR OUTRAS EM DOBRO... UM DIA VC IRÁ ME DIZER SE TENHO RAZÃO.
    QUERIDO PRIMO, AMO VC DEMAIS MUITO MAIS DO QUE VC POSSA PENSAR, ESATREI SEMPRE AO SEU LADO MESMO QUE DISTANTE ,CADA NIVER SEU FICO AQUI AGRADEÇENDO A DEUS PODER TE LIGAR E OUVIR TUA VOZ...
    OBRIGADA DEUS POR RONINHO ESTAR CONOSCO.!
    TE AMO E FORÇA SEI QUE VC PODE E VC CONSEGUE SUPERAR.

    ResponderExcluir
  7. ai meu velho to nessa a 21 anos ainda estou esperando virar robô cop, esses japoneses inventam tudo e até agora nada, mais fazer o que não queremm que as fabricas de ortopedia entrem em falencia não sou exemplo de nada mais é bom esta ainda nessa vida e conhecer pessoas que sabem o que quer dela o pior e que sonhei jogando na seleção..... de futebol hum ai foi foda não fiz nenhum gol e dunga mim tirou rsrrrs, continue jogando basquete mesmo.

    ResponderExcluir
  8. Cajuzito,
    linda suas palavras..e a sua força nos motiva e nos faz ver como o mundo é grande e o quanto a vida vale a pena. Vc é um exemplo, que terei para sempre em minha vida.
    Um amigo muito especial, que sinto falta de estar aqui por perto, de corpo, mas sei que de alma estamos sempre juntos, nao importa a distancia.
    Bjocas
    Ma Oliveira

    ResponderExcluir
  9. Brother, 'di certeza' que esses quatro anos te foram intensos, te foram duros e te foram de sabedoria... pra mim, não há desenhos de vida certos ou errados.. no máximo há os mais tortos, como os nossos, e os mais retinhos... contudo, a existência humana é igual para todos e, a meu ver, é preciso fazer dela a melhor aproveitada possível... e acho que vc tem feito isso.. grande abraço

    ResponderExcluir